Acessar o site em Inglês Acessar o site em Português
  • ANPO

  • TV ANPO

  • CTR/ANPO
  • IG DO GRANITO
  • BIBLIOTECA

  • EMPRESAS


CETEM APRESENTA RELATÓRIO VISITA TÉCNICA AOS MUNICÍPIOS DE NOVA VENÉCIA E BARRA DE SÃO FRANCISCO

Publicado em 03/04/2018

Dando prosseguimento ao acordo de cooperação entre a ANPO, IFES e CETEM, que consistiu em uma viagem preliminar em novembro de 2017 para estabelecer um programa de parceiras entre as instituições citadas, com apoio da Abirochas. Essa viagem teve como objetivos principais realizar uma palestra no IFES de Nova Venécia, realizada pelo consultor Dr. Aarão de Andrade Lima, visitar pedreiras e serrarias na região de Barra de São Francisco e divulgar o Congresso Internacional de Rochas Ornamentais (Globalstone). Visou ainda buscar parcerias com os empresários para o desenvolvimento de pesquisas relacionadas a cadeia produtiva de rochas ornamentais. 

Atividades: 
DIA 20/03/2018 – Saída de Cachoeiro de Itapemirim as 6:30 hs.
 Chegada em Nova Venécia às 14:00 hs. 16:00 hs às 17:30 hs
 - Apresentação de palestra no auditório do IFES de Nova Venécia Proferida pelo Prof. Dr. Aarão Lima.Título da Palestra: Aplicação de Geotecnia na Lavra de Granitos Ornamentais.Conteúdo da Palestra - Tópicos Gerais, Revisão das propriedades mecânicas das rochas ornamentais, Conceituação e caracterização dos maciços rochosos, Compartimentação dos maciços (descontinuidades, planos de fraqueza), Descrição de testemunhos de sondagem, mapeamento geológico-estrutural, modelo geotécnico, Anisotropia do maciço e da rocha intacta (foliação/bandamento, fator estético, brilho, corte, quebra), Tensões naturais e induzidas, Seleção de tecnologias de corte (fissuração por ondas de choque, dureza, tenacidade das rochas), Seleção de métodos de lavra. 
Tópicos Detalhados - Conceitos básicos de maciço rochoso, processo geotécnico e modelo geotécnico e domínio geotécnico, Revisão dos sistemas de classificação geomecânica, Revisão do estado de tensões no maciço rochoso (Figura 1).

FIGURA 1 – Palestra realizada no auditório do IFES de Nova Venécia.

17:30 hs às 18:30 hs - Reunião na Diretoria do IFES Nova Venécia. 

Presentes à Reunião representantes dos seguintes órgãos: Cetem (Francisco Wilson Hollanda Vidal, Leonardo Luiz Lyrio da Silveira, Núria Castro), ANPO (Mario Imbroisi), Sindirochas (Victor Augusto), IFES Cachoeiro de Itapemirim (Antônio Luis), IFES Nova Venécia (Anderson Bozzeti, Edil Lemos, Juliano Zagoto) e IFES Barra de São Francisco (José Gadioli). Ainda estavam presentes os engenheiros Bruna Ferreira e Bruno Carlete.
 Assuntos Tratados: 
Mario Imbroisi (ANPO) relatou as dificuldades do setor de granitos na região de Barra de São Francisco, tendo em vista redução de demanda e queda de preços. Problemas técnicos, especialmente a presença de tensões elevadas, causadoras de faturamento e perda de recuperação das reservas geológicas. Reiterou que existem em torno de 600 pedreiras abandonadas devido a problema de tensões na região. 
Os representantes dos três IFES manifestaram interesse em participar de um projeto conjunto para desenvolvimento de pesquisa aplicada à solução de problemas de lavra, beneficiamento, e recuperação ambiental, e assumiram compromisso de apoiar as ações do projeto. Francisco Hollanda (Cetem) definiu como ponto de partida duas linhas de atuação: tensões e resíduos. Destacou a importância de apoiar pesquisas ligadas a pós-graduação (mestrado e doutorado)
 (Figura 2).
FIGURA 2 – Realização de reunião na Diretoria do IFES de Nova Venécia. 

DIA 21/03/2018
 07:30 às 09:30 Deslocamento Nova Venécia – Barra de São Francisco
 09:30 às 10:30 Reunião na sede da ANPO em Barra de São Francisco (Figura 3) Presentes à reunião representantes dos seguintes órgãos: Cetem, ANPO, Atecel, IF Cachoeiro de Itapemirim, IF Nova Venécia. Assunto tratado: Programação das visitas às pedreiras Após a reunião ocorreu um encontro com o prefeito da cidade
 (Figura 4)
FIGURA 3 – Realização de reunião na ANPO em Barra de São Francisco. 

FIGURA 4 – Fotografia da comitiva CETEM-ANPO-IFES com o prefeito da cidade de Barra de São Francisco. 

10:30 às 11:30 - Deslocamento Barra de São Francisco à Pedreira da IGM Internacional Mineração. 

11:30 às 12:30 Almoço na sede da pedreira. 
Informações de Mario Imbroisi durante almoço: excesso de capacidade instalada, mercado interno paralisado, concorrência de sintéticos chineses (dominou 70% no mercado externo), preço do granito caiu 7 para US$ 200/m3 . Lembrou ainda que, somente no município de Barra de São Francisco existem 200 empresas de mineração. 

12:30 às 14:30 Visita à Pedreira da empresa Internacional Mineração (IM). 
Assuntos Abordados (Aarão Lima, Francisco Hollanda, Silvano, Valdinei, Lobato):

 Foram observadas fraturas de acebolamento de grande persistência, acompanhando a topografia, mas pouco visíveis (Figura 5). Aproveitamento da pedreira de 10 a 20%. Essa perda está associada, não somente às tensões do maciço, mas também a aspectos comerciais que exigem do produtor um padrão de chapa pré-estabelecido do ponto de vista estético.

FIGURA 5 – Feições de acebolamento na parte superior do maciço. 15:00 às 16:00 Visita à Pedreira da Mineração Dallas (Pancieri) Produção atual 700 m3 / mês (7.000 m3 brutos, recuperação 10%), relacionados ao tensionamento do maciço, bem como aspectos comerciais. A pedreira tem limitação de área, com frente de cortes limitada
 (Figura 6).
FIGURA 6 – Frente de lavra disposta na base de maciço com talude sub-vertical. Sequência de corte: 1) boca de lobo; 2) piso; 3) lateral; 4) posterior. Dimensões: altura 48 m; corte lateral 6 m; corte posterior 15 m. 
O corte lateral tem ângulo maior que 90 graus (1,2 m em 6,0 m 90+11=101 graus). Isso facilita bastante o tombamento, mas acarreta em uma pequena perda de granito. 
Cortes posteriores apresentam curvatura cilíndrica, podendo ser côncava ou convexa. Fenômeno a ser investigado. Durante os cortes com fio diamantado, formam-se zonas de fissuração na frente do corte, o que é evidenciado pela presença de fragmentos grosseiros (cascalho) nos detritos, segundo informação do proprietário.Presença de xenólitos escuros (mulas) em pequena quantidade, que não constituem problemas críticos (Figura 7).

FIGURA 7 – Ocorrência de xenólitos (em amarelo) na frente de lavra da mineração Pancieri. 9 Após o tombamento pode haver ruptura da prancha. Quando a fratura ocorre nas partes de melhor qualidade, a recuperação é muito prejudicada. A colocação cuidadosa de lastro de solo e pedra diminui o choque e reduz as quebra no tombamento do prisma
 O proprietário informou que usa rapel para sanear as faces da pedreira (remoção de chocos) O granito removido no topo da serra, tendo como base uma fratura de acebolamento, é chamado de capeado, e não apresenta problemas de tensões 
16:00 às 17:00 Locomoção da Pedreira Dallas Mineração para Barra de São Francisco.
 DIA 22/03/2018
 08:00 às 16:00 - Visitas ao Centro de Tratamento de Resíduos de Barra de São Francisco (ANPO), e as empresas Gramazini, IGM e Toledo (Figuras 8, 9, 10, 11, 12 e 13). Tais vistas tiveram como objetivo coletar amostras de resíduos de processamento de rochas ornamentais para fins de pesquisa. 
FIGURA 8 – Coleta de resíduos de tear multifio (IGM).
FIGURA 9 – Entrada do Centro de Tratamento de Resíduos da ANPO. 
FIGURA 10 – Coleta de amostras no Centro de Tratamento de Resíduos da ANPO
FIGURA 11 – Entrada da empresa Gramazini.
FIGURA 12 – Polo de processamento de rochas da empresa IGM.
FIGURA 13 – Polo de processamento de rochas da empresa Toledo.
16:00 às 18:00 Reunião na sede da ANPO. 
Presentes à reunião: Francisco Hollanda, Aarão Lima, Antônio Luiz, Juliano Zagoto, Adriana Herzog e Bruno Carlete. Francisco Hollanda resumiu as informações obtidas nas visitas a duas plantas de beneficiamento durante o dia:
 Na pedreira da Toledo foi informado que a extração não tem problema de tensões e que a anisotropia da rocha merece ser investigada sob aspectos tecnológicos e estéticos. 
Na pedreira da Gramazini foi relatado problema de tensões. Trata-se de pedreira de grande porte. Foi então sugerido que Bruno Carlete busque desenvolver um tópico ligado à anisotropia da rocha, em especial à variação espacial desses atributos. A mestranda Bruna Ferreira fará sua dissertação no tema relacionado à mecânica das rochas.

 Encerrando as atividades, foram então revisadas as conclusões e programados os próximos passos para elaboração dos projetos.
 DIA 23/03/2018 – Saída de Barra de São Francisco as 8:30 hs. 

Chegada em Cachoeiro de Itapemirim às 16:00 hs. 
CONSIDERAÇÕES FINAIS 
Tento em vista a possibilidade do Cetem receber recursos oriundos do CFEM a partir do segundo semestre de 2018, e de acordo com entendimentos com representantes da ANPO, ficou decidido que no plano de trabalho do acordo de cooperação firmado constará os seguintes trabalhos:
 LAVRA - Aspectos relacionados aos maciços rochosos: 
Projetos sobre de recuperação de pedreiras e sua relação com fatores ligados ao tensionamento, comerciais e estéticos; 
- Classificação dos tipos de pedreiras e aproveitamento de seus resíduos como agregados para construção civil.
 - BENEFICIAMENTO - Desenvolvimento de processos e insumos ecoeficientes e otimização das etapas de beneficiamento; 
- Controle de qualidade ao longo dos processos de beneficiamento.
 13 - APROVEITAMENTO DE RESÍDUOS FINOS DE SERRARIA 
- Recuperação do diamante proveniente de pérolas diamantadas dos teares multifios; 
- Aplicação dos resíduos do Centro de Tratamento de Resíduos da ANPO para produtos da construção civil. Ficou decidido ainda que o Cetem colaborará com seus profissionais e estrutura laboratorial, com apoio dos IFES (Cachoeiro de Itapemirim, Nova Venécia e Barra de São Francisco), enquanto a ANPO dará o provimento dos recursos humanos necessários visando a formação de profissionais à níveis médio, superior e pós-gradução.
CETEM APRESENTA RELATÓRIO VISITA TÉCNICA AOS MUNICÍPIOS DE NOVA VENÉCIA E BARRA DE SÃO FRANCISCO

Compartilhe:

 

 

Visitas: 397

Fonte: CETEM APRESENTA RELATÓRIO VISITA TÉCNICA AOS MUNICÍPIOS DE NOVA VENÉCIA E BARRA DE SÃO FRANCISCO

Entre em contato

Site seguro

https://www.anpo.com.br/ https://www.anpo.com.br/