Acessar o site em Inglês Acessar o site em Português
  • ANPO

  • TV ANPO

  • CTR/ANPO
  • IG DO GRANITO
  • BIBLIOTECA

  • EMPRESAS

  • COLABORADORES


Em reunião do Fórum Nacional da Indústria, da CNI, representantes industriais mostraram seu apoio à manutenção dos recursos da Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos

Publicado em 14/08/2020


A Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (APEX) corre o risco de perder sua principal fonte de recursos a depender de uma ação que corre no Supremo Tribunal Federal (STF). A Corte decidirá, em breve, se a cobrança de 0,3% da folha de pagamento das empresas é constitucional ou não. Diante disso, o Fórum Nacional da Indústria (FNI), da Confederação Nacional da Indústria (CNI), que reuniu mais de 100 representantes empresariais nesta quinta-feira pela manhã, defendeu o papel da APEX. O presidente da instituição, o contra-almirante Sérgio Segóvia, participou da reunião.

De acordo com Segovia, em 2019, a Agência apoiou mais de 14 mil empresas, sendo mais da metade da indústria de transformação, além disso as ações da agência contribuíram para 35,5% ou US$ 46,5 bilhões das exportações brasileiras. A Apex-Brasil mantém 53 projetos setoriais e convênios com 27 entidades ligadas à industria.

“A promoção da imagem do Brasil no exterior é dividida entre SECOM e Embratur. Mas a Apex se utiliza da boa imagem do Brasil para poder vender os produtos brasileiros. Desta forma, me sinto na obrigação de apoiar quem tem essa tarefa”, afirma Segovia.

Saiba o que disseram os empresários:

José Veloso, presidente da ABIMAQ

O convênio com a Apex-Brasil e a Abimaq completou 20 anos este ano. Temos vários associados que afirmam que um dos poucos recursos tributados no Brasil que retornam é o dinheiro que vai para a Apex. Temos uma grande preocupação com a imagem do Brasil no exterior, principalmente em função da questão ambiental, porque as informações não são corretas. Temos uma realidade que precisa ser melhorada, mas não é tão ruim como tem sido colocado.

Reinaldo Sampaio, presidente da ABIROCHAS

Somos líder de exportação devido à relação com Apex-Brasil e a estratégia acertada e o apoio que temos. Falo em apoio de idéias, de conhecimento e não de dinheiro. Nosso setor é o exemplo da importância e do êxito da agência, por isso deixo a nossa preocupação com a ameaça à fonte de recursos da entidade.

João Dornellas, presidente da ABIA

Nós temos muito associados na ABIA, muitos colegas que confirmam que, se tem um dinheiro bem empregado é esse que vai para a APEX, porque ela traz resultado para o País. O setor de alimentação, neste primeiro semestre, exportou US$ 17,6 bilhões, um saldo comercial de US$ 15,3 bilhões. E, posso garantir, que temos muito a agradecer a Apex e a parceira de primeira ordem por essa conquista.

Humberto Barbato, presidente da ABINEE

A pandemia mostrou a vulnerabilidade das cadeias globais de valor. O setor eletro eletrônico viu a quebra na sua cadeia de suprimento nos primeiros dias da pandemia. O que ficou claro é a oportunidade para o setor eletroeletrônico do Brasil de ocupar o lugar um lugar de destaque aqui dentro e no exterior.  E a Apex-Brasil tem o papel importante na atração de investimento que não podemos perder.

Maristela Cusin Longhi, presidente da Abimóvel

No nosso setor, temos empresas que registram crescimento de quase 8% de suas exportações. Como isso foi possível? Com o trabalho da Abimóvel com a Apex-Brasil. Por isso, somos parceiros para vencer esse processo que está no STF. A Apex também tem sido uma grande parceira. Com o apoio da Apex, a Abimóvel aderiou ao Rede Brasil do Pacto Global da ONU, dentro dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, o que só reforçou a agenda de responsabilidade do setor. Com a Apex, estamos criando novos projetos e outros projetos virtuais. Temos trabalhado bastante para colocar o móvel brasileiro no mundo.

Fernando Pimentel, presidente da ABIT

Posso dizer quer 34% dos associados da ABIT exportaram em 2019. Em 2020 estamos avançando muito no virtual e preço médio passou de US$ 12 para US$ 33 dólares por quilo de vestuário. Temos 35 mil empregos que são preservados em função das exportações e pelo apoio da Apex-Brasil. Dessas empresas que exportam, 45% são empresas de pequeno e médio porte.

Ricardo Santin, presidente da ABPA

Vou dar um exemplo. Fizemos um projeto setorial de branding em parceria com a Apex-Brasil com branding para a carne de frango. Atualmente, o frango premium brasileiro é US$ 100 o seu equivalente americano na África. Imagina um frango na categoria premium? Só é possível porque temos um bom trabalho.

João Carlos Basílio, presidente da ABIHPEC

A Apex-Brasil tem uma grande relevância para os resultados para que atingimos e para os patamares que pretendemos chegar.

Márcio Bosio, diretor institucional da ABIMO

Em função da pandemia, o setor de dispositivos médicos teve uma queda de 9%, até porque alguns produtos tiveram a exportação suspensa para atender o SUS. E atendemos com muito prazer. Agora estamos buscando parceria para ampliar nossos mercados. Estamos com uma parceria com o setor de defesa biológica e estamos participando de uma campanha “Saúde feita no Brasil” para atrairmos investimentos. Queremos nos aproximar de organismos internacionais na área de saúde para poder chegar em outros mercados e, essa aproximação, só é possível com o apoio da Apex-Brasil.

Synésio Batista da Costa, presidente da Abrinq

Meu mundo é diferente. É o mundo do brinquedo e da fantasia. Em outubro, esperamos uma aumento das vendas, principalmente com a reclusão doméstica e as fábricas estão trabalhando. Estamos desenhando uma burca, porque queremos ir para Dubai. Mas é preciso que a Apex-Brasil nos leve para o mundo árabe, porque até vamos sozinhos, mas não conseguimos destravar as negociações.

Haroldo Ferreira, presidente Abicalçados

Neste momento de extrema fragilidade das nossas indústrias, a Agência é fundamental para a recuperação da indústria pós-pandemia.

Acesse aqui a matéria no portal da CNI.

Em reunião do Fórum Nacional da Indústria, da CNI, representantes industriais mostraram seu apoio à manutenção dos recursos da Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos

Compartilhe:

 

 

Visitas: 601

Fonte: Associações defendem importância da Apex-Brasil para a indústria brasileira

Entre em contato

Site seguro

https://anpo.com.br/ https://anpo.com.br/