Acessar o site em Inglês Acessar o site em Português
  • ANPO

  • TV ANPO

  • CTR/ANPO
  • IG DO GRANITO
  • BIBLIOTECA

  • EMPRESAS


O volume físico exportado especificamente em julho foi 4,8% superior ao do mesmo período de 2019;

Publicado em 21/08/2020




As exportações efetuadas no período janeiro-julho de 2020 evidenciaram sinais de recuperação, pelos seguintes indicadores:

·         O volume físico exportado especificamente em julho foi 4,8% superior ao do mesmo período de 2019;

·         A variação negativa do faturamento (-6,03%), na mesma comparação, foi a menor de 2020;

·         No acumulado do ano, melhoraram tanto a variação do faturamento (-16,68%) quanto do volume físico (-4,03%);

·         Tanto em valor quanto em peso, as exportações efetuadas em julho (US$ 94,

·         milhões e 240,4 mil t) foram as maiores exportações mensais de 2020.

Com tal desempenho, as exportações brasileiras de rochas somaram US$ 492,2 milhões e 1.168.410,3 t. Segundo observado por Mário Imbroisi, presidente da ANPO, existe um nível diferenciado de adequação das empresas à nova situação de mercado durante a pandemia. Aparentemente, as melhores práticas estão incluindo compatibilização de preços à cotação do US dólar e aumento da oferta de produtos já tradicionalmente mais baratos.

Como em outras áreas de atividades e negócios, nem todas as empresas do setor de rochas foram ou parecem ter sido prejudicadas pela pandemia. As estratégias de promoção comercial são cada vez mais direcionadas para mídias digitais. Antes do que se imaginava, as exportações de rochas passaram a ser mais “vendidas” do que “compradas”. Algumas empresas têm tido maior eficiência que outras nesta nova realidade, até para a comercialização de blocos.

Enquanto não existirem códigos fiscais específicos para produtos acabados, o setor de rochas não poderá avaliar o desempenho da terceira onda exportadora.

O volume físico exportado especificamente em julho foi 4,8% superior ao do mesmo período de 2019;

Compartilhe:

 

 

Visitas: 327

Fonte: As exportações efetuadas no período janeiro-julho de 2020 evidenciaram sinais de recuperação, pelos seguintes indicadores: · O volume físico exportado especificamente em julho foi 4,8% superior ao do mesmo período de 2019;

Entre em contato

Site seguro

https://anpo.com.br/ https://anpo.com.br/